Quadros para o Corredor

Outro dia, passeando por um shopping carioca, me deparei com 3 quadros muito interessantes. Eles faziam parte da mesma série, e cada um ilustrava um ponto de referência de 3 cidades diferentes: A Estátua da Liberdade em NY, o Big Ben em Londres, e o Cristo no Rio.

O que me chamou atenção, entretanto, foi a forma como eles eram apresentados: Víamos apenas a silhueta de cada um, com uma lua impossivelmente grande projetada atrás de cada ponto. Os quadros também faziam um interessante jogo de sombras: As atrações e o fundo pertencem à camadas diferentes do quadro, de forma que a atração projetava uma sombra real no fundo da foto. Muito legal. Os quadros poderiam ser utilizados tanto individualmente quanto juntos.

Parei, achei legal, e prossegui meu caminho. Até então não tinha me atentado para a necessidade de quadros no apê, estava priorizando as coisas maiores. Quando cheguei em casa, naquele dia, lancei um olhar diferente para ele. Só conseguia ver o grande vazio no corredor, e em cima do sofá. Mais nada! Nada de papel de parede ou espelhão ou qualquer outra coisa, só o vazio nas paredes! (meio psicótico, eu sei rs)

Resolvi que voltaria no shopping outro dia para buscar os quadros. Nisso, se foram 2 fins de semana. Claro que, ao voltar no shopping, imaginei, “alguém deve ter comprado”. Sabe como são essas coisas né? Se você não está interessado em algo, pode passar um ano inteiro numa loja que aquilo vai estar lá. No momento que você decide comprar, o negócio é comprado sem previsão de retorno ao estoque.

Não foi exatamente assim com os quadros. Dos 3 que vi, ainda havia dois disponíveis; mas o preço estava mais caro. Mais caro do tipo “comprando esses dois, daria para ter comprado os 3”. Olhei, olhei, olhei. Fui informado que esses eram os últimos e não deveriam receber mais da série. Pensei, saí da loja. Meu impulso inicial era, não vou pagar mesmo! Fiquei um pouco decepcionado pois já tinha em mente os 3. Sem falar no preço! Pagar por algo que você sabe que era mais barato dói!

Fui em outra loja de quadros. Mas sabe como é, né, eu sabia muito bem o que queria. Resolvi deixar o orgulho de lado e ir lá buscar o que já era meu. Já tinha deixado os quadros passarem uma vez; se deixasse agora, sempre iria ficar pensando nos “quadros que ficaram para trás!”

Comprei os quadros. Meu corredor é outro… agora tem identidade!

Notem a tal sombra que eu tinha mencionado anteriormente. O fundo fica numa camada diferente do primeiro plano (com o Big Ben), que projeta uma sombra na lua. Agora mais de longe:

… e agora o de New York…

Teria me arrependido muito caso não tivesse os comprado. Gosto de tê-los no corredor não só porque achei-os bonitos, mas também porque amo viajar, e esses quadros me lembram momentos maravilhosos. Acho que qualquer coisa que decidimos ser boa o suficiente para colocarmos na parede de nossas casas deve refletir um pouco do que/como somos e do que gostamos. É como se fosse uma frase impressa na parede, e ela fala um pouco sobre você. Então é bom que você goste (e muito) da ‘frase’. Bem, pelo menos é como eu vejo  🙂

E agora os quadrinhos no lugar– porque detalhes fazem a diferença.

Moral da história: Passou na loja, se apaixonou perdidamente por algum item qualquer? Compre-o, mesmo que esteja fora de seus planos imediatos. Ainda mais se for algo assim, mais difícil de achar. Pode ser que você não tenha outra oportunidade de ter aquele lindo quadro ou que quer que seja na sua casinha. É isso!

Think about it.

Thiago S.

Se você gostou desse post, também vai gostar de:

Anúncios

15 comentários em “Quadros para o Corredor

  1. Nossa q lindo!!! Na entrada do meu ap…tem uns quadros de força, q eu tava pensando o q faria pra esconde-los…adorei esses quadros. Acho q vou colocá-los em cima…toma q de certo! Bjsss

  2. Pingback: Retoques na Pintura das Paredes: Erros e Acertos | a saga do apartamento

  3. Pingback: Tela com luzes LED | a saga do apartamento

  4. Thiago, estou encantada com os quadros, mas moro em são Paulo, será quevencontro poraquê? Em que loja comprou aí no rio?
    Abc
    Patricia

  5. Pingback: Quadro PRADA Marfa | a saga do apartamento

  6. Pingback: Decorando o Banheiro: Quadros, Espelho e Metais | a saga do apartamento

  7. Pingback: Redecorando a sala, parte 4: Sobre Peças Marcantes, Quadros e Telas Decorativas | a saga do apartamento

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s