Viajar é Se Inspirar: Serra Gaúcha | Jardim Vertical: Floreira para Varanda

Passei meu recesso de julho do jeito que eu mais gosto: curtindo um inverno de verdade. Fui conhecer a Serra Gaúcha, coisa que sempre quis fazer, e visitei algumas vinícolas, comi fondue e chocolate artesanal, conheci museus. Fiquei hospedado em Gramado e, talvez o que tenha me chamado mais atenção na cidade, foi o fato de que ela parece um grande, enorme jardim à céu aberto: em cada canto que você olha, é possível notar que há um enorme cuidado com paisagismo, e o mesmo é integralmente preservado pelos moradores. Sim, é uma cidade turística; mas não falo somente de praças, jardins e bosques: falo também de ruas, de esquinas; da frente de lojas, de sacadas; enfim, de pequenos detalhes que enriquecem a experiência como um todo. Aqui vão algumas fotos que tirei durante a viagem, de coisas que me inspiraram…

cerejeira gramado RS

jardins de gramado

le jardin gramado RS

carrinho de mão com flores E esses são apenas alguns dos belos detalhes que encontrei nessa cidade realmente encantadora! Mas a razão pela qual falo dessa experiência é porque há muito tempo venho tentando integrar alguma espécie de jardim ao meu apartamento. Só que, dispondo de tão pouco espaço, sabemos que é um pouco complicado. Acabei deixando a ideia engavetada… até viajar para Gramado. Gramado me contagiou com seu inverno vibrante – cheio de cores e flores e beleza em meio a um frio cortante que chegou a -1°C (então imagina como deve ser na primavera!!). Saí de Gramado, mas quis trazer um pouco de Gramado comigo, um pouco da ‘filosofia’, estética do lugar. Precisava de algo vivo e vibrante no meu apartamento, e era pra ontem. Então comecei a checar minhas possibilidades, e cheguei a conclusão que na minha mini-varanda, onde já há uma mesinha alta e duas banquetas, a única forma de abrigar um ‘mini-jardim’ seria verticalmente. Vi algumas possibilidades, na internet, como estas:

vasos como jardim vertical

jardim de inverno em casa

JARDIM na grade

E aí fui atrás de algo que juntasse o que gostei de cada uma dessas ideias: algum tipo de painel de madeira ou floreira, como fundo; e algo um pouco mais ordenado, com vasos e/ou cachepôs como nas fotos 1 e 3. Foi assim que cheguei na floreira de madeira da Entalharte, que comprei através do site Cedro Rosa (recomendo; atendimento atencioso e entrega rápida).  Comprei duas floreiras, pois queria preencher toda a parede da varanda e formar uma espécie de painel. Vamos ver como ficou:

varanda pequena decorada Como fiquei feliz em ver esse monte de verde, cor e vida na varanda! Gostei muito de como ficou, deu outro ar para a varanda, sem falar que não ocupa espaço nenhum! Logo depois que as floreiras estavam montadas, fui atrás de alguns vasinhos de plantas e flores para colocar nos cachepôs… primeira vez fazendo isso! Achei divertido! Deu vontade de comprar tudo. A propósito, cada floreira vem com 3 cachepôs:

cachepos de madeira entalharte

E aí você decide em que posição irá colocá-los no painel. Para dentro dos cachepôs, procurei ser variado, trazendo lavanda (influência direta do Le Jardin de Gramado), pé de pimenta e alecrim, kalanchoe, aspargo-pluma e outros, priorizando aquelas que me disseram durar mais.

E se alguém aí entende de plantas, por favor, pooodem me dar dicas dos tipos que vocês recomendam, ok? Como cuidar, como podar… sou todo ‘ouvidos’! Vou precisar! Bem, por enquanto é isso querid@s, tô feliz de finalmente ter meu jardim vertical e um pouco a mais de vida no apê. Que acharam?

Abraços e até breve!

Thiago S.

O blog no Instagram @asagadoapartamento

O blogueiro no Instagram @thisardenberg

 

Se você gostou desse post, também vai gostar de:

Anúncios