Redecorando a sala – parte 4: Sobre Peças Marcantes, Quadros e Telas Decorativas

Pode observar: quando a gente entra num ambiente pela primeira vez, nosso olhar costuma ser magneticamente atraído para a direção de um quadro ou tela decorativa, e não é por acaso.

Na composição do ambiente, o quadro geralmente tem um espaço privilegiado, bem no meio da sala de estar ou de jantar. Ele muitas vezes se encontra no que chamamos de ponto focal, e, justamente por isso, pode ser uma oportunidade fantástica para se mostrar um statement piece, termo comum usado na língua inglesa que descreve algo que deliberadamente chama a atenção, seja porque foge do lugar comum, pela beleza singular, ou pela mensagem que transmite. Vou identificá-lo aqui como Peça Marcante – uma peça que pode ser qualquer item decorativo: uma cadeira feita de retalhos, uma poltrona em estilo provençal, um simples centro de mesa exótico… que tem o poder de capturar o olhar e a atenção de quem a vê. Marcante.

Idealmente, ela se integra ao ambiente, complementando-o (seja ele consoante ao resto da decoração ou deliberadamente contrastante) e dizendo algo que tem a ver com o estilo que você quer imprimir ao ambiente ou sua personalidade.

Bem. Quando mudei as cores das paredes na redecoração da sala, me deparei com um problema: a cor nova de uma delas mostrou-se mais intensa do que eu previ:

parede sala de estar verde cinza Coral Pinheiro Inglês

… sim, gostei muito do resultado, mas achei que se eu trouxesse essa mesma cor – mais fechada – para a parede do sofá também, iria deixar o ambiente pesado. Então resolvi pintar a parede do sofá de branco, como forma de de neutralizar a cor mais forte e deixar o ambiente equilibrado.

Esse não era meu plano original, e não fiquei totalmente feliz com o branco: ainda por cima, achei que minha tela antiga (que era preto & branco) ficava muito apagada na parede. Era essa a tela:

tela com luzes LED

Depois que a parede tornou-se branca (na foto acima, a parede ainda estava cinza, como era antes da redecoração da sala), senti que precisava de mudar o quadro, pois faltava algo ali: vida. E para dar vida… nada melhor que cor.

Eu sabia que, o que quer que entrasse ali – fosse uma paisagem ou algo abstrato; uma pintura ou uma fotografia; fosse o que fosse – precisava ter muita cor. E foi assim que comecei a procurar, com esse filtro principal em mente.

Olha, há muitos quadros bonitos por aí, mas é difícil achar um que realmente capture alguma coisa além do “ah, gostei”. Procurei por lojas físicas de quadros e nada me encantou; resolvi então buscar algo na infinidade de possibilidades da internet. Vi muita coisa legal em sites diversificados como o Elo 7 (que inclui reproduções originais, por encomenda, de artistas interessantes), o All Posters (site em português, mas os pedidos vêm dos EUA e podem ser taxados; infinidade de possibilidades, há tudo o que você pode imaginar) e o AliExpress (o famoso site da China; sabendo procurar você acha coisa bem interessante com bons preços, também sujeitos a serem taxados pela Receita).

Durante essas buscas, fui salvando algumas imagens que me chamavam a atenção; mas uma em especial tinha algo que sempre capturava meu olhar: me fazia querer olhar para ela. Por algum motivo. A tal da peça marcante.

Resolvi arriscar e, 1 mês e meio depois da compra… aí está a tela dando a vida que eu procurava na sala:

tela com flores moderna sala

tela floral

A tela é pintada à mão e traz uma explosão de cores muito bem vinda ao ambiente. Eu sentia falta de algo assim, mais alegre, uma vez que meu apê é repleto de tons mais sóbrios (pois não cansam, ampliam ambientes, e claro, são elegantes). Entretanto, foi só agora, com a parede branca, que essa necessidade ‘gritou’.

Gostei muito do fato da tela ter essa textura:

tela colorida quadro sala

… que dá um ar meio caótico à pintura, meio despretensioso, e, ao mesmo tempo, um pouco mais ‘artístico’ do que seria uma pintura ‘perfeitinha’.

E outra coisa, sob o reflexo da luz do dia, a tela fica completamente diferente, quase que em 3-D, as flores ‘saltam’ aos olhos. Tentei capturar:

tela texturizada colorida

… e amei esse resultado inesperado.

E pela manhã cedinho…

luz da manhã invadindo o apê… 🙂

A post shared by a saga do apartamento (@asagadoapartamento) on

Comprar na internet tem disso: você nunca sabe exatamente o que vai receber, ainda mais quando são peças pintadas à mão, uma nunca vai ser igual à outra. Eu dei sorte dessa vez de ter ficado super contente com o resultado final na parede, ainda que a tela que eu comprei aparecesse no site bem diferente.

O link para a loja do vendedor está aqui.

Ah, outra coisa: comprando em sites, na maioria das vezes, as peças vem em tubos, enroladas; e aí cabe a você, depois, esticá-las colocando chassi (no caso das telas) ou emoldurá-las de acordo com sua preferência (caso dos quadros) – o que pode encarecer bastante a peça (Comprar em lojas tem essa vantagem, o preço já é final).

E aí, gostaram? Acho que encontrei minha peça marcante! Escolher algo a dedo, entre tantas opções, é quase que apostar; mas quando dá certo, é muito gostoso. Aquela peça específica está ali porque ela te disse algo.

Então, queridos e queridas, minha ‘redecoração’ está quaaase acabando… só faltam alguns pequenos- mas notórios- detalhes que quero acertar antes de dizer, “that’s all, folks!“. Tem sido maravilhoso voltar a escrever aqui e já estou quase ficando com saudade! 🙂

Até breve!

Thiago S.

Se você gostou desse post, também vai gostar de:

Anúncios