Cortina de Plantas Dividindo Sala e Cozinha

Hoje venho, com esse post curtinho, mostrar pra vocês a cortina verde que coloquei na bancada americana, feita com trepadeiras e samambaias, e que deu uma vida nova pro ambiente da sala e cozinha.

Trazer plantas naturais para dentro de casa é algo que tenho feito aos poucos e cada vez mais; quem acompanha o blog deve se lembrar que já falei sobre isso anteriormente. Antes predominantemente presentes em varandas e áreas externas, as plantas naturais têm obtido cada vez mais espaço na decoração de interiores também; essa é uma tendência que venho demonstrando no Instagram do blog há algum tempo já:

iluminação é tudo! nesse caso, as arandelas fazem toda a diferença e destacam a textura diferenciada da parede.

A post shared by a saga do apartamento (@asagadoapartamento) on

foi-se o tempo em que as plantas ficavam só em vasinhos discretos na decoração interna!

A post shared by a saga do apartamento (@asagadoapartamento) on

plantas dentro de casa

De diferentes formas, as plantas podem ser usadas na decoração com diferentes propósitos: elas alegram, dão cor e vida ao ambiente; podem deixar o ambiente mais elegante ou mais descontraído, dependendo da forma como são usadas; renovam o ar de um ambiente pesado… enfim, são muitas as vantagens. Só há de ter o cuidado de escolher plantas que se adaptarão bem em ambientes internos, com atenção especial para a exposição ao sol que a planta terá (ou não). Uma pesquisa na internet ou melhor, falar direito com um floricultor resolve isso facilmente.

As plantas que usei na minha cortina verde são plantas que não necessitam exposição da luz direta ao sol – a jiboia verde e a samambaia. Minha ideia era colocá-las lado a lado na prateleira em cima da bancada americana, de forma que elas formassem uma espécie de cortina verde entre a sala e a cozinha.

Vamos ver o resultado?

cortina-de-plantas

Elas dão um ar completamente diferente para a sala, e ainda formam uma divisória muito interessante entre sala e cozinha. É uma delícia sentar ali na bancada e simplesmente conversar com alguém na cozinha e estar, dentro de casa, rodeado de verde.

plantas-decoracao-interna

É tão simples e tão significativo, sabe? Por isso fiz questão de não apenas compartilhar a ideia no Instagram, como também fazer um mini-post sobre isso aqui no blog também. 🙂 Espero que tenham gostado!

 

*Aaah, muito em breve eu continuarei com a segunda parte da Reforma do Banheiro aqui no blog! Fiquem ligados 😉

 

Um abraço,

Thiago.

Se você gostou desse post, também vai gostar de:

 

Anúncios

Reforma do Banheiro, parte 1: Bancada de Mármore com Cuba Esculpida

Quando se está mudando para um apartamento novo e zerado, é fundamental estabelecer prioridades. O que você faz questão de que faça parte da sua decoração? O que faria mais falta, de acordo com suas necessidades particulares? O que você estaria disposto a pagar um pouco mais para ter do jeito que sempre quis? E, claro, o que você acha que dá pra deixar para um momento futuro?

Pois bem, já respondi aqui no blog muitas dessas perguntas ao longo dos anos. Leitores antigos do blog devem se lembrar que o piso laminado foi uma das coisas que bati o pé e fiz questão de que fosse do jeito que queria – mesmo sendo o revestimento específico que escolhi bem mais caro do que planejava – pois achava (e continuo achando!) que seu efeito estético era fantástico (e ainda é prático de manter). Essa era uma prioridade. Minha. Outras prioridades tinham a ver com necessidades específicas, como a de ter uma estante planejada grande onde pudesse armazenar não só as centenas de livros e filmes que já tinha, como também onde sobrasse lugar para os próximos.

Bem, no banheiro, minha prioridade inicial era trocar o revestimento do piso e o do box, já que os da construtora eram bem sofridos. Era o que o orçamento permitia. Agora, eu pude fazer algo que sempre tive vontade de fazer, mas não era uma prioridade: trocar a pia de granito e a cuba.

Bem, primeiro, vamos ver como era a pia, antes:

banheiro

Era em granito padrão, com a cuba em louça branca acoplada por baixo. Ou seja, era perfeitamente aceitável. Naquele espaço, fora as reformas que mencionei, eu ainda tinha outras coisas pra fazer: o armário embaixo da pia e o armário superior, extremamente útil.

O que eu queria agora era algo em mármore, que pesasse menos no ambiente, que fosse mais liso, mais brilhoso e menos permeável, assim manchando menos. Algo que lembrasse um porcelanato. Eu queria uma cuba esculpida na própria pedrasem a necessidade de comprar posteriormente uma cuba em louça.

E aí comecei a ir atrás de ideias, fazendo diversos orçamentos em marmorarias, e, agora…. já posso lhes mostrar o resultado final!

Vou mostrando as fotos e fazendo alguns comentários. Vamos lá:

bancada-marmore-cuba-esculpida-01

Que diferença, não?!? O material escolhido para revestir a bancada foi o mármore bege prime, que é numa cor entre o bege e o creme e tem algumas ranhuras brancas. Ele é bem brilhoso e, por ser mármore, é menos permeável que o granito anterior. Achei a cor muito bonita e neutra, deixando o ambiente (que é bem pequeno) mais leve.

Uma coisa que vocês podem perceber pela foto acima é que a cuba tem uma tampa removível; assim, a água escoa para os lados e não para o centro, como geralmente acontece. Dá um charme legal!

Mas isso não impede que você remova a tampa e use de forma tradicional…

bancada-marmore-01

…seja apenas para limpar, ou para deixar com uma cara diferente de vez em quando rs. Dessa forma acima, é bem mais prático, por questões de limpeza; da primeira forma, com a tampa, fica mais bonito, mais diferenciado, mas requer uma limpeza maior. (Traduzindo: Eu ponho a tampa quando for aparecer visita! hahaha)

Lavatório Mármore Bege Prime

Não é linda?

Reparem também, abaixo, a saia da frente da bancada, que tem 5 cm de altura, e dá um acabamento final muito bonito.

cuba-esculpida-pedra-01

 

Gostaram? É tão legal ver projetos que ficaram por tanto tempo só na cabeça finalmente ganharem forma. E é sempre legal ver nossa casinha com algo diferente, não é? Eu adoro!

Nos falamos em breve, porque essa reforma do banheiro apenas começou! 😀

Abraços,

Thiago S.

 

Se você gostou desse post, também vai gostar de: