Reforma do Banheiro, parte 3: Novo armário planejado do banheiro

Fechando o ciclo de reformas do banheiro – que ora penderam para a parte estética, ora para a parte funcional – trago hoje um post que mescla um pouco das duas coisas: a preocupação em manter tudo o mais funcional possível, aproveitando cada centímetro, com a vontade de deixar o ambiente o mais harmônico e agradável possível.

Na nova configuração do banheiro, saiu a bancada de granito cinza (original do apartamento) e entrou uma bancada de mármore bege; saíram também as pastilhas de espelho do box (que davam um trabalhão para limpar!) e entraram grandes placas de porcelanato polido, também bege, remetendo à cor bancada. Ou seja: o bege tornou-se importante ali, e não por acaso; é uma cor que não pesa e não cansa por ser bastante neutra, e como o ambiente é pequeno, eu queria realmente que ficasse mais leve do que estava antes.

Justamente pelas mesmas razões, o branco é o complemento do bege no banheiro: ele está presente na cerâmica original das paredes (o único revestimento do apartamento que não vi necessidade de trocar até hoje) e também no grande armário superior com espelhos que mandei fazer.

Nesse sentido, sabia que precisava trocar o armário original que ficava embaixo da pia, pois houve um vazamento sério e ele acabou inchando, sendo que uma das portas mal fechava direito. Ele tinha a caixa em madeira escura e as portas revestidas em laminado de madeira bem clarinha, puxada para o cinza:

armário planejado banheiro gabinete

Então, quando precisei mandar fazer outro armário, queria que o mesmo se encaixasse melhor dentro dessa nova padronagem de cores do banheiro, deixando-o mais clean. Para isso, saíram as cores do armário – agora ele seria todo branco – e acabei também com as gavetas do lado direito (colocando apenas um gavetão na parte inferior), deixando-o mais leve e pesando menos no ambiente.

Assim (clique para detalhes):

armario-planejado-branco-banheiro

Para um armário tão pequeno, até que o impacto e a diferença são grandes, né?! O madeirado do gabinete anterior aquecia o ambiente, porém, pesava mais. Agora notem que todas as escolhas foram pensadas de forma a deixá-lo mais clean:  os puxadores, por exemplo, são embutidos na própria porta, ao contrário do modelo anterior; e enquanto no anterior havia 2 portas e 4 gavetas, nesse há 2 portas e apenas um gavetão inferior.  Menos informação, mesma quantidade de espaço.

O gavetão, por sinal, é bem útil e espaçoso:

gaveta-telescopica-rolo-papel-higienico

Cabem ali 12 rolos de papel higiênico, fora um espaço que sobra para serem armazenados quaisquer itens necessários, como pastas de dente ou pentes de cabelo, por exemplo (As escovas ficam no armário superior; como disse antes, o novo armário foi também pensado para combinar mais com o superior do que com o armário antigo, como podem observar:)

armario planejado banheiro

E já que estamos falando em combinações, aproveito para mostrar a combinação da bancada de mármore com o porcelanato polido no box que mencionei antes, lado a lado:
combinando-revestimentos-no-banheiro

Mais detalhes sobre eles, vocês podem encontrar aqui e aqui.

Por fim, a parte interna do armário:

armario-interno

Há bastante espaço para produtos de limpeza ou qualquer coisa do tipo; notem também que para maximizar o espaço, coloquei ainda um gaveteiro dentro do armário que organiza melhor todas aquelas coisinhas pequenas que a gente usa no dia a dia.

Bem, é isso pessoal! Gostaram? Olha, reformar é bom, mas caaaansa! Agora vou só curtir o apezinho um pouco! Enquanto isso, vocês podem relembrar as reformas que comecei ano passado, aqui:

… e também não deixem de seguir o blog no Instagram, toda semana tem novidade por lá!

Abraços e até a próxima!

Thiago S.

Anúncios

O pequeno e notável Armário Planejado do Banheiro

Olá queridos leitores e leitoras!

Hoje eu venho mostrar pra vocês a diferença que um pequeno armário gabinete faz na vida de uma pessoa.

Comprei um armário para o banheiro ano passado na New Móveis (mais uma repercussão da tragédia que foi comprar lá…), e, quando finalmente desisti deles e resolvi comprar os móveis novamente em outra loja (na Bon Bini, a mesma da cozinha), priorizei a cozinha, pois era o que mais estava em estado calamitoso.

Agora pude finalmente comprar as últimas duas coisas que estavam faltando, e que faziam muita falta: a primeira coisa é o assunto desse post, e a segunda, o assunto de um futuro post (vou fazer mistério sobre esse; ainda não está pronto. Mas o pessoal do Instagram – o meu é @thisardenberg – deve ver antes!).

Antes de mais nada, vamos dar uma olhada em como era minha vida antes do armário do banheiro?

Socorro! Em uma palavra: confusa. Tinha de tudo em cima da pequena pia, que tem apenas 80 cm de comprimento. E olha que as prateleiras de vidro já estavam no lugar, desafogando um pouco, hein!

Quando o apartamento não é grande, qualquer espacinho faz falta, daí a importância de móveis pensados para tal lugar (sem falar que, esteticamente, dá uma elevada no ambiente, né?). Então, após pensar em como maximizar o aproveitamento do pouco espaço que dispunha, eis que aí está o armário, primeiro com as portas fechadas:

E agora, a frente…

Como eu gosto de chamá-lo, “o pequeno notável” rsrs. Gostei muito dessas cores que escolhi. As caixas são na cor NOGUEIRA, e as portas, na cor FRASSINO, um novo padrão da Italínea. Todos eles são em laminado de baixa pressão, texturizados e bem resistentes.

Sem falar nos puxadores, em aço inox, lindões! Eles foram sugestão do projetista, e eu achei ótimo. Detalhe dos puxadores:

Agora vamos para o gaveteiro!

Todas as gavetas tem corrediças telescópicas, deixando o abrir e fechar bastante suave e silencioso.

Já dentro do armário, pude colocar não só tudo que estava na pia, como também produtos de limpeza que estavam espalhados, e também toalhas. Olha só a divisão interna:

Tudo no lugar! Nem acredito que coube tudo isso rsrs…. (pessoal do Ariel, Ajax, etc., podem me pagar pela propaganda, por favor).

E pra terminar, uma foto de como ficou esse cantinho do banheiro, que está PRONTO, afinal!!!

Aquele espacinho que antes era todo branco (e encardido), sem graça, agora está bem mais aconchegante. E sem esbanjar dinheiro, o que é muito importante! Os tons  mais escuros de madeira (piso, armário), que aquecem o ambiente, foram sobrepostos ao branco e aos espelhos (da pia, da parede do box) para criar um ambiente mais leve. Clean.

E é isso por hoje pessoal, espero que tenham gostado!

Abraços,

Thiago S.

Se você gostou desse post, também vai gostar de: