Porcelanato na Cozinha

Aos interessados, essa compra foi reavaliada em 14/01/2014 e você pode conferir a avaliação na íntegra AQUI.

***

Com tanta coisa para se fazer quando se muda para um apartamento novo, trocar o piso da cozinha não estava nos meus planos. Já estava me dando o luxo de trocar o piso do resto da casa, pois era um sonho meu; então não previa gastar mais dinheiro com isso.

Mas quando cheguei para ver as condições da cerâmica da cozinha, fiquei bem desanimado. Havia pisos rachados (tudo bem, a construtora até trocaria), mas o rejunte já estava com uma cara de encardido horrível. Coisa nova já com cara de velha… não dá. De um lado, um piso super legal; e a um passo de distância, um piso das trevas. E como a cozinha é americana, isso ficaria ainda mais evidente.

Acabei resolvendo então trocar o piso da cozinha. Já que é pra brincar, vamos brincar direito. Como a cozinha é pequena, não sairia por nada muito exorbitante. Então fui em busca de um porcelanato legal, mas com limite fixo de preço: R$50 por m2 no máximo (ou quase metade dos R$96/ m2 que paguei pelo laminado). Para minha surpresa, não foi tarefa das mais difíceis achar porcelanato bonito e barato.

Acabei me decidindo por esse: Porcelanato Alvor Bege, da marca Incepa.

Nessas fotos assim fica bem difícil imaginar como o resultado final fica. Tudo parece o mesmo! Mas na prática é bem diferente… Então vamos partir para um antes e depois?!

Antes: cozinha triste, deprimida, e sujinha.

E o rejunte…. aff!

E agora… revitalizada… 🙂

“Ah, mas a cozinha é tão pequenininha, será que alguém vai reparar a diferença?”. Me diziam isso. Agora me respondam vocês, se é a mesma coisa.

As placas tem 60×60, ao contrário da cerâmica anterior que tinha 30×30. Gosto também do fato das placas estarem mais juntinhas, logo, menos rejunte. Deu pra perceber que fiquei meio traumatizado com o rejunte antigo, né?

Bem, é o que temos pra hoje. Ah! não mandei quebrar a cerâmica. Optei por gastar um pouco mais com argamassa piso-sobre-piso (SuperLiga Plus) e evitar quebra-quebra. Acho uma boa opção!

Um abraço pra vocês e até breve,

Thiago.

 

Leia a avaliação que fiz dessa compra, após 2 anos de uso, aqui:

Se você gostou desse post, também vai gostar de:

Anúncios